EUA, Viagem

Parts Unknown: Anthony Bourdain como companhia de viagem ideal

Houve um tempo em que antes de viajar para qualquer lugar eu procurava saber se o Anthony Bourdain tinha gravado um “No Reservations” por lá. Se sim, eu sentava na frente da tela com um caderninho para acrescentar suas dicas à minha lista de coisas para comer. Parte do encanto passou depois de um episódio cheio de clichês em São Paulo. E com o tempo a fórmula do extinto programa do Travel Channel cansou.

Não é exagero dizer que o chef/escritor/TV personality me inspirou a viajar e escrever, destruindo qualquer ideia glamurosa sobre trabalhar com televisão ou cozinha no meio do caminho. Por isso, fiquei feliz ao dar uma chance pro “Parts Unknown“, o programa atual do Bourdain na CNN cuja quinta temporada estreia no fim desse mês.

Com o slogan “get a taste for the unexpected”, o programa acertou ao abandonar o foco no que é tradicional/estranho/inovador da culinária dos locais que Bourdain visita.

A comida está presente, claro. Mas se mistura à política, literatura, história e economia para explicar locais como Myanmar, Jerusalem ou Tóquio. O episódio sobre a capital do Japão é um dos melhores das quatro temporadas do programa, explorando o lado bizarro e menos conhecido de uma cidade que o próprio Bourdain já visitou “dezenas de vezes” (palavras do próprio, morro de inveja).

O texto continua ótima e o gosto por experimentar coquetéis locais ou comer algum tipo de peixe venenoso ainda faz parte do show. Mas ganha tom jornalístico, especialmente quando visita locais em crise como Congo ou Líbia. Ou poético, quando visita um local preferido como Lyon – no coração gastronômico da França, esse é um episódio totalmente dedicado à comida.

Assim, Bourdain deixa de ser um cara cínico/engraçado e se torna a companhia de viagem ideal. Pelo menos a minha!

A temporada nova de “Parts Unknown” estréia na CNN (gringa) em 26/04. O episódio de estreia é na Coreia do Norte (lista completa aqui) depois tem Miami com o Iggy Pop, Madagascar com o Darren Aronofsky e Havaí com o (putaquepariu) O PAUL THEROUX. Um trabalho duro, mas alguém tem que fazer.

Ps: vale comentar como tá foda a televisão esse mês? As voltas de Game of Thrones e Silicon Valley na HBO, o talk show do Neil Degrasse Tyson no Nat Geo, a estréia do Daredevil na Netflix (genial, leia nesse post do Alexandre Mathias)…

Mais Bourdain
https://www.facebook.com/AnthonyBourdain
http://twitter.com/Bourdain
http://instagram.com/AnthonyBourdain
http://www.anthonybourdain.tumblr.com/