3 Travel Bloggers, Hotel Life, Peru, Viagem

Como é ficar hospedado no hotel Belmond Palacio Nazarenas, em Cusco

Belmond Palacio Nazarenas, Cusco Peru

Uma cidade como Cusco, ponto de partida para quem vai conhecer o Vale Sagrado dos Incas ou as ruínas de Machu Picchu, tem uma infinidade de hostels para mochileiros. Mas Cusco, do alto de seus 3.400 metros de altitude, também é um destino bacana para quem curte conforto, com excelentes restaurantes de novo andina (como o Cicciolina, melhor da cidade), museus impressionantes (como o Museu de Arte Pre-Colombiana) e hotéis cinco estrelas como os dois do grupo Belmont, que no Brasil é proprietário do Hotel das Cataratas, em Foz do Iguaçu, e do Copacabana Palace.

Escondidos na Praça Nazarenas, em meio a casas caiadas de branco e calçadas de pedras cinzentas que sobem na direção das montanhas, os hotéis Belmond Monastério e Belmond Palacio Nazarenas são vizinhos, ocupam propriedades construídas pelos incas e depois ocupadas pelos espanhóis e disputam amistosamente o posto de melhores hotéis de Cusco.

Belmond Palacio Nazarenas, Cusco, Peru

Detalhe de uma suíte do Belmond Palacio Nazarenas. Foto: divulgação.

 

O que é: Dos dois hotéis Belmont em Cusco, o Belmond Palacio Nazarenas é o mais recente, aberto ao público em 2012 depois de uma década de reformas. Muito da arquitetura original foi resgatada e o hotel guarda tesouros como uma capela de arte barroca.

Onde fica: Na Praça Nazarenas, na frente do Museu de Arte Pré-Colombiana, a uma distância caminhável de tudo que você quer ver na Cusco antiga: a catedral, a Companhia de Jesus, a Plaza de Armas, o bairro boêmio de San Blas e o museu Inca.

San Blas, Cusco, Peru

Ruela de San Blas, o bairro boêmio e artesanal de Cusco.

O que você vai encontrar: Quartos super confortáveis, com janelas enormes e muita madeira. Um spa com produtos artesanais. Restaurante de comida novo andina na beira da piscina aquecida. Chá de folhas de coca ou de cacau (sem cafeína) estão disponíveis a todo tempo, mas você pode pedir seu próprio tanque de oxigênio para aplacar o soroche, ou mal de altitude, se precisar. O café-da-manhã é ótimo, mas você pode atravessar a rua estreita para experimentar o farto café-da-manhã do Monastério. Se for sair muito cedo para uma tour no Vale Sagrado, peça para a cozinha do hotel preparar um lanchinho.

O que tem nas suítes: Na minha visita, em abril passado, fui recebida com uma tábua de queijos e doces locais. O frigobar tem todos os ingredientes para fazer seu próprio pisco sour – mas se você não souber, tudo bem, o hotel manda um barman profissional para te ensinar. Além das opções de travesseiros e manta de lã de alpaca, há um menu de sabonetes artesanais feitos com ervas aromáticas do jardim.

Belmond Palacio Nazarenas, Cusco, Peru, Pisco Sour, Gaía Passarelli

Pisco Sour à vontade – e vale chamar o barman para ensinar como faz.

Quando ir: O ano em  Cusco se divide entre seco (abril/outubro) e chuvoso (novembro/março). Quem vai usar a cidade como parada para visitar Machu Picchu tem que separar pelo menos dois ou três dicas em Cusco para acostumar com a altitude. O evento mais procurado do calendário local é o Inti Raymi, o Festival do Sol, em 24 de junho.

O que fazer por perto: A antiga capital do império inca, tomada pelos espanhóis no século XVI, é hoje uma cidade cosmopolita que atrai turistas do mundo todo.

Nesse vídeo do Avianca Travel Bloggers eu mostro uma suíte do Palacio Nazarenas e o que tem pra fazer em Cusco. Siga-nos no canal da Avianca no YouTube e na página do 3 Travel Bloggers no facebook.

*

Reservas e informações sobre preços e pacotes no site http://www.palacionazarenas.com/

 

** MAIS **

Mailing do How to Travel Light: uma vez por mês, de graça, só com os posts mais legais -> clique aqui e não perca nenhum!