3 Travel Bloggers, Hotel Life, Portugal, Viagem

Como é ficar no hotel da Porcelana Vista Alegre, em Portugal

Detalhe do lobby do Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel, em Portugal

Eu nem sempre escrevo sobre hotel. Quando escrevo é porque gostei demais da experiência. Foi exatamente esse o caso da estadia no Montebelo Vista Alegre em Ílhavo, durante a tour do centro de Portugal com o 3 Travel Bloggers.

Ílhavo é uma cidade pequena e ensolarada, ao norte de Coimbra e no caminho de Aveiros e Costa Nova. A localização faz do hotel um lugar ótimo para explorar esse pedaço de Portugal, mas a verdade é que ele está ali porque é ali que fundada a fábrica de porcelanas Vista Alegre em 1824.

* Ainda na onda de Portugal, que é tema do blog durante todo fevereiro, leia esse post do 3 Travel Bloggers sobre Portugal. Tá em espanhol, mas tudo bem – o encanto com a terrinha é universal.

O que é

O Montebelo Vista Alegre Ílhavo é o hotel da fábrica de porcelanas Vista Alegre em Portugal, aberto em 2015. O hotel tem uma parte nova com suites modernas, mas o legal mesmo é ficar na área antiga, que aproveita o antigo casarão da família, ao lado da capela de estilo barroco.

Hotel Vista Alegre, Portugal

São só doze quartos, escondidos num anexo entre escadarias e paredes azulejadas.

O que você vai encontrar

Decoração,baseada nas criações dos quase duzentos anos da Vista Alegre. A porcelana é a alma do lugar, claro. Por isso mesmo que você não tenha um interesse específico em porcelana não deixe de visitar o museu da fábrica: é um pouco de aula sobre Portugal também, já que a Vista Alegre é integrante da história portuguesa e representante do país em receptivos de chefes de estado planeta afora.

A capela privativa da família José Ferreira Pinto Basto, em ouro e mármore, não fica aberta o tempo todo, mas hóspedes podem pedir para visitar.

Achado na lojinha: detalhe de porcelana inspirada no Rio de Janeiro. A loja é dividida em coleções, tem um monte de coisas especiais e sazonais. Você vai ficar querendo xícaras e sopeiras de um jeito que nem sabia possível. E, sim, envia para todo o mundo.

O símbolo da Vista Alegre é uma ema. Sim, o bicho brasileiro. Diz a lenda que o fundador José Ferreira Pinto Basto conheceu o animal numa viagem ao Brasil e se encantou com o fato de que a ema não dá passo para trás. Seguindo esse mote, a fábrica se orgulha de não ter fechado a porta nem um dia desde a fundação, atravessando duas guerras mundiais e uma ditadura.

Alguns notáveis que já criaram ou emprestaram seu nome para criações da Vista Alegre – note Clarice Lispector ao lado de Christian Lacroix.

Reconheceu? Amo as coisas da Bordallo Pinheiro e já falei do artista aqui nesse post. A Vista Alegre é hoje proprietária da marca e vende algumas peças-símbolo da casa como esse gato preto.

O que comer

O país tem comida para três ou mais refeições diárias e em Portugal minha refeição preferida é o pequeno almoço (café da manhã) com pães, pastéis de nata, sucos de laranja doce do Algarve, queijos brancos e compotas de frutas.

Mas no Centro de Portugal quem manda são os peixes e frutos do mar e de todas as refeições geniais que fizemos na viagem com o 3 Travel Bloggers (veja vídeo nesse post) a que mais ficou na minha cabeça foi aqui no restaurante do Vista Alegre: um prato simples de polvo cozido à perfeição com batatas e vagens, temperado apenas com azeite e sal.

Quando ir

Esse vídeo-sátira de Portugal para o Donald Trump tem vários acertos e um deles é quando fala do clima do país: é “o melhor do mundo”. Como nunca faz nem frio nem calor em excesso, o clima de Portugal varia entre muito bom e ótimo. As estações do ano são bastante definidas e dá pra ir em qualquer época do ano. Se puder evitar a alta temporada de verão, quando o país recebe muitos visitantes da Inglaterra e França, melhor.

Ah sim, vale mencionar que no verão o sol se põe tipo oito da noite.

Reservas

Direto pelo site do Montebelo Vista Alegre Ílhavo em https://vistaalegre.com.

Aproveito para recomendar a Madomis Tours, que nos recebeu no Centro de Portugal. Não posso pensar num guia mais atencioso, gentil e conhecedor da região que o José Manoel Santos, que nos apresentou a região ao longo de uma semana de viagem. Muito obrigada!

Os jardins da Vista Alegre.

Leia também

Faiança Bordallo Pinheiro: bichos, legumes e cores da cerâmica lusa

Portugal Food Stories: arroz com sangue no Minho

10 coisas sobre Portugal que você talvez não saiba

 

* Importante

Viajei para o Centro de Portugal com o 3 Travel Bloggers como convidada do Turismo do Centro de Portugal.