China, Viagem

Desejo de viagem: Hong Kong e Macau

Hong Kong a noite por Greylord via Shutterstock.

Conheço pouco da Ásia, mas sei que o maior continente do mundo, berço de civilizações milenares, tem muitos destinos incríveis para serem explorados e um deles está alto na minha “bucket list”: Hong Kong e Macau.

Para alguns viajantes, essa importante ilha chinesa é um local meio que de transição entre Oriente e Ocidente (Istambul também é um pouco assim). É um lugar em que se pode começar a conhecer a Ásia.

Hong Kong city view from The Peak at twilight

Hong Kong em vista do The Peak ao pôr do sol. Foto EarnestTse via Shutterstock.

Macau e Hong Kong são regiões administrativas especiais da China que já foram colônias europeias. Essa é a explicação mais simples para as características ocidentais das ilhas e significa que você pode facilmente fazer uso da língua inglesa, já que parte da população fala o idioma e as sinalizações também são escritas em inglês. Falando nisso, o sistema de transporte na cidade é fantástico e fácil de usar. Hong Kong é considerada uma cidade muito tranquila para quem viaja solo, segura tanto durante o dia quanto à noite. Cuidados são sempre necessários, mas não precisa temer sacar o celular na rua ou carregar sua para fotografar.

Mong kok, uma mistura de prédios e lojas novos e antigos. Foto: TunkCheung via Shutterstock.

O que ver e fazer

Hong Kong é um daqueles lugares recheados de muitas descobertas, de pequenas lojas a placas diferentes e cenas interessantes do cotidiano local.

O Victoria Peak (ou The Peak) promete uma vista maravilhosa da cidade. Já a região de Causeway Bay é o paraíso das compras e onde estão localizados muitos dos shoppings de Hong Kong. Quem visita a ilha também não pode deixar de conhecer o Hong Kong Museum of History, os arredores do bairro de Tsim Sha Tsui e atravessar a baía Victoria a bordo do Star Ferry. Esse post da colega Lívia Guiar conta bastante do que ver e fazer em Hong Long. Na lista de programas obrigatórios também está o show de luzes que acontece nos prédios da ilha. E para quem gosta, Hong Kong tem uma Disney para chamar de sua!

Night view of Macau (Macao). The Grand Lisboa is the tallest building in Macau (Macao) and the most distinctive part of its skyline. Por Prasit Rodphan via Shutterstock.

Visão noturna dos casinos na baía de Macau. Por Prasit Rodphan via Shutterstock.

Também vale pegar uma balsa e fazer uma visita de um dia a Macau, já que a viagem dura cerca de uma hora – esse post do Viaje na Viagem conta como fazer. Macau já foi uma colônia portuguesa e, assim como Hong Kong, é uma mistura histórica de oriente e ocidente.

Lá, você encontrará construções de arquitetura colonial e excelentes opções de comida. Além disso, a região é bem famosa internacionalmente por seus incríveis cassinos, que atraem turistas de todas as partes do mundo e são ponto de parada para os profissionais de poker, recebendo importantes campeonatos desse esporte mental. No ano passado, tivemos um brasileiro, Felipe Mojave, levando o terceiro lugar em um grande torneio lá. E em matéria de emoções fortes, a Torre de Macau oferece um salto de mais de 230 metros de altura é o maior bungee jumping comercial do mundo.

Foto do destaque: Hong Kong a noite por Greylord via Shutterstock.