Brasil, Foto, Viagem

Longa jornada rio acima: por dentro do Amazonas com a Expedição Katerre

O banho de rio seguido do almoço (tambaqui de banda, nova comida preferida) era só o começo. O Jacaré-Açu partiu de Novo Airão em direção a Reserva Xixuaú e ao longo dos próximos dez dias, eu e meus companheiros de expedição subimos os rios Negro e Jauaperi até Roraima, conhecendo cenários, sabores e pessoas que iriam mudar nossas idéias sobre a Amazônia.

A Expedição Jauaperi-Xixuaú é um dos roteiros oferecidos pela Katerre, empresa com foco em turismo comunitário que leva visitantes para conhecer um Amazonas que não dá pra enxergar de Manaus, Belém ou Santarém. O barco tem cabines confortáveis, ar-condicionado, sala de vídeo e toalhas limpas, mas o importante não é só relaxar com caipirinha na mão curtindo a vista. Olhares e ouvidos atentos vão revelar os conflitos e dificuldades que a região vive. Em alguns momentos é duro de enxergar, é verdade. Mas em outros fica claro que os agentes da mudanças são as pessoas que você conhece pelo caminho, pessoas com muita sabedoria para oferecer para quem quer escutar.

Voltei com tanta coisa para contar que meu coração dá um nó a cada vez que abro um dos dois cadernos que escrevi durante a viagem. As fotos abaixo são só o começo.

Quem leva

Expedição Katerre – Rio Negro e Amazônia
Roteiros entre 4 e 12 dias no norte do Amazonas
http://www.katerre.com/

** OBS **

Viajei em setembro de 2015 a convite da Katerre. Agradeço imensamente a oportunidade, e quero deixar claro que a empresa ou seus representantes não são de forma alguma responsáveis pelas opiniões emitidas aqui, que são minhas.