Índia, Viagem

Kerala Blog Express: preparativos

O barquinho vai... (foto: Kerala Tourism)

Chegou por um email  no começo do ano. O Kerala Blog Express na hora lembrou um daqueles concursos de popularidade online. O prêmio: uma viagem de duas semanas pelo Kerala, o estado verde do sul da Índia conhecido como ‘God’s Own Country’. Nunca entro nessas, mas o email era bem escrito e convincente: cliquei. Pior ainda, me inscrevi, pedi votos para família e amigos. Fiquei entre os trinta mais votados – era preciso estar entre os primeiros 25 para garantir uma vaga.

Deixei estar até que, passados uns dias do fim da votação, um novo email do KeralaTourism (o departamento de turismo de Kerala, responsável pela ação) apareceu, querendo saber se eu ainda tinha interesse na viagem. Sim, sim, como não? Fui atrás do visto obrigatório para entrada na Índia (complicadíssimo, esse post ajudou) e das passagens (Thiruvananthapuram via Dubai pela Emirates). E em pouco mais de cinco dias confirmei meu lugar no roteiro de duas semanas oferecido pelo Kerala Tourism para 25 travel bloggers (mais sobre isso num próximo post) de todo mundo.

A seleção deles considerou a quantidade de votos e alguns critérios subjetivos. Mas a intenção é bastante clara: divulgar o Kerala como o grande destino de turismo na Índia. O que me leva a crer que eles devem ter selecionado bloggers (na falta de um termo mais abrangente) de uma variedade de países (há mais dois brasileiros, o Daniel Nunes e o Oscar, com perfis bem diferentes do meu) com quantidade razoável de seguidores em redes sociais. 

Como não existe almoço de graça, em troca da viagem e experiências os selecionados deverão registrar (no meu caso, escrever) sobre a experiência em seus blogs/redes. Resumindo: durante boa parte de março você vai ver uma porrada de coisas sobre Kerala aqui e combo twitter/facebook/instagram/G+/tumblr (endereços aqui).

O barquinho vai... (foto: Kerala Tourism)

O barquinho vai… (foto: Kerala Tourism)

Preparativos

Com visto e passagem em mãos, comuniquei família e amigos. O mais ao leste que estive até hoje foi na Alemanha, a Índia não estava nos meus planos imediatos e de cara notei que a frase “vou passar um mês na Índia” é normalmente recebida por um “ai, mas não é perigoso?”

Sim, pode ser. Todo lugar pode ser perigoso em maior ou menos escala. A Índia não é a Disney, mas Trivandrum também não é Kiev. E vou em grupo, com a cabeça cheia de dicas de amigas que passaram pelo subcontinente indiano – duas que visitaram Kerala em 2013, uma que morou na região norte durante anos.”Nunca beba água da torneira!”, “use água engarrafada para escovar os dentes!” e “não coma nada na rua” estão no top cinco, junto com “não ande sozinha” e “não mostre pernas/braços/barriga”.

Sári: toda uma elegância indiana.

Sári: toda uma elegância indiana.

Na verdade, as muitas dicas de segurança que ouvi/estou lendo (uma que gostei: use roupas locais) poderiam render um post próprio. Mas prefiro indicar esse post da Matador sobre o assunto, esse post do blog BreathDreamGo (escrito por uma expat na Índia) e toda a categoria ‘safety’ do SoloTravelerBlog. E escrever minhas próprias dicas durante a viagem ou na volta.

Onde?

No sul da Índia, ao oeste de Tamil Nadu e abaixo de Goa. Nosso roteiro vai do sul para o norte, começando em Thiruvananthapuram no dia 10/03 e terminando em Kochin no dia 26/03. Entre as 13 paradas há montanhas, reservas de tigres e elefantes, os famosos backwaters e praias, muitas praias. São 13 paradas em 16 dias, a maior parte da viagem feita em ônibus – também há barcos e trens previstos. O site do #KBE dá detalhes sobre cada parada, mas a esperta Inma, do blog A World to Travel foi atrás de mais detalhes sobre o roteiro e descobriu isso aqui.

Não estou encarando como outra viagem backpacker na vida. É uma viagem em grupo oferecida por um departamento de turismo. O que espero? Espetáculos de dança, demonstrações de medicina Ayurvda, compras em lojas pré-estabelecidas, muitas horas olhando pela janela de um ônibus bem confortável.

Kerala Blog Express: do sul pro norte

Kerala Blog Express: do sul pro norte