Música

#Lollapalooza 2014: cinco bandas que quero ver

Chegou o fim-de-semana do Lollapalooza, que tem gente chamando de ‘festival indie’ (cof cof) mas na verdade é um evento giga e está sendo tratado como tal. É só ligar nos programas de notícias Rede Globo pra perceber.

Esse ano não trabalho no festival o/ O que não significa que não vá escrever sobre, claro, só que não vou fazer entrevistas e afins. E quer saber? Depois de *treze* anos fazendo cobertura de festival (meu primeiro foi o Skol Beats, em 2000, para o rraurl.com; o último foi o Lollapalooza São Paulo 2013, para a MTV; Coachella, Sónar, UMF e trocentos outros no currículo) tô achando luxuoso poder ir ao evento ‘apenas’ para ver as bandas que quiser e poder narrar honestamente o que achei.

Dava pra fazer isso vendo pela TV? Não. E mesmo que desse, o lineup do Lolla desse ano tem uma porção de bandas que eu gosto e quero ver do gramado. Abaixo, cinco delas.

1. Pixies
Porque é uma das poucas bandas que são gosto comum aqui em casa, porque espero que els toquem “Head On”, porque gosto das músicas novas.

2. Savages
Desculpa aí, mas não tem banda mais legal no mundo hoje e tenho certeza que ao vivo o quarteto liderado pela incrível Jehnny Beth é explosivo. Aproveitando: você já notou que ela é estilo puro? Não tem pra ninguém.

3. Arcade Fire
Não gosto do Reflektor. Mas nem por isso o show do AF deixa de ser uma celebração maravilhosa. Ao vivo a banda é muito boa. É um show intenso, emotivo, animado. E eles sempre tocam “Rebellion”.

http://www.youtube.com/watch?v=q7c290sokFY

4. Lorde
Não me julgue <3

5. Vespas Mandarinas
Porque eles estão ansiosos e felizes, porque eles vão tocar como se fosse encerramento do Coachella mesmo que tenha vinte pessoas vendo (o show é ao meio-dia de amanhã) e porque o Chuck vai usar um… bom, melhor não falar ;)

ps: O New Order ainda é minha banda preferida, mas nós temos uma relação de honestidade. Não vou ver porque 1) já ví, 2) é bem maisoumenos ao vivo e 3) sinto falta do Peter Hook, por mais que ele tenha sido um babaca.