Tá Todo Mundo Tentando
Tá Todo Mundo Tentando
Tá todo mundo tentando: tempo de poda
1
0:00
-4:04

Tá todo mundo tentando: tempo de poda

Aparando galhos antes do verão. Um rolê em Higienópolis (em vídeo!). Cinco links pra entender o meltdown do Twitter.
1

Para ler ouvindo: "I Don't Know What I Can Save You From", do Kings of Convenience (Tidal/Youtube)

Se você gosta da TTMT considere enviar pra alguém que também vai gostar:

Share

Tempo de poda

A única parte boa de envelhecer é que a gente cresce.

E para crescer bem, no sentido de crescer forte e saudável, é preciso podar. Botar fora o que não serve mais.

Podar significa aparar arestas, cortar tudo que é excesso, dar novo uso para o que atrapalha, tirar do caminho aquilo que consome nutrientes e impede o crescimento.

Olhando de fora, parece até um passo para trás – olha lá, a árvore tão grande, tão alta, tão bonita, com tanta história, com tanta sombra. Como ter coragem de cortar esses galhos?

Acontece que as coisas mudam, e depois vem chuva, vem vento, e a árvore (alta demais, com braços finos demais, fraca demais, com raízes rasas demais) não se sustenta. Ela cai, ela quebra, ela causa transtorno, ela leva um tempão para crescer de novo. Às vezes, ela morre antes e nem cresce mais.

Por isso: a poda.

E depois da poda, toda a madeira cortada e folhas secas voltam para a terra, adubam futuras árvores, alimentam fogueiras. Pra tudo tem uso.

Há umas semanas, uma equipe da prefeitura apareceu por aqui podando as árvores da minha rua. Levou vários dias e de dentro de casa, todas as manhãs, eu escutava a serra.

Sempre que vejo alguém cortando árvore em São Paulo sou tomada de certa agonia: a expectativa é ver a árvore transformada em toco morto.

Nesse caso, não.

O moço subiu na árvore preso por um equipamento de segurança, usando capacete e segurando uma serra comprida, algo como um cabo de vassoura com uma Makita na ponta. Sentou numa junção segura de tronco e galho e dirigiu a serra na direção do que precisava sair.

Ao redor dele, outros trabalhadores acompanhavam o trabalho gritando pra ir pra mais pra cá ou  mais pra lá, e fechando a rua para evitar  acidentes — vai que nessa coisa de podar algum desavisado acaba tomando um galho de árvore na cabeça, né?

Não sei porque o serviço veio agora. Na minha imaginação, tem a ver com a chegada da primavera. Essa primavera que chegou há dois meses e que tem sido meio estranha: foi em setembro mas parece que faz uns três anos e tanta coisa ainda precisa mudar antes de encararmos o que tem tudo pra ser O Grande Verão de Nossas Vidas.

Você também sente isso por aí?

Eu pelo menos tô me preparando.

As árvores também. Uma vez podadas, agora elas têm agora a motivação irrefreável de voltar a crescer.

por Tiago Lacerda @elcerdo
Tá Todo Mundo Tentando
🖼️ Guia Paulicéia: 11 coisas para fazer em SP no fim de semana
Obrigada por apoiar a TTMT/Guia Paulicéia! Se você gostar desse post, considere enviar pra alguém que vai gostar também. Novos apoiadores tem sete dias de graça para conhecer os posts antes de assina…
Read more
Essa edição é um oferecimento da Refúgios Urbanos, uma imobiliária feita por (e para!) amantes da arquitetura #ad

Agora sou euzinha que ando passeando com a Refúgios Urbanos por  São Paulo! Nesse vídeo, o Octavio Pontedura pela região que ele conhece como ninguém: Higienópolis, onde estão vários dos prédios mais icônicos da cidade:

🐦 Cinco links sobre o meltdown do Twitter

Provando que sempre é possível piorar o que já está péssimo, o Melon Usk entrou em modo ultimato forçando a barra pra cima de quem sobrou no Twitter.

O Jota fez uma análise sobre um futuro hipotético da plataforma, explicando o impacto das demissões e o que isso significa no meio de uma crise maior: a do setor de tecnologia nos EUA. 

A Vox trouxe uma longa entrevista com jornalista Ashlee Vance, biógrafa do Elon Musk, que busca dar uma dimensão do caos estabelecido na companhia (spoiler: é pior do que você imagina) e explicar como isso aconteceu (outro spoiler: o Twitter não é nem a Tesla e nem a SpaceX).

E, para a surpresa de ninguém e alívio de muitos, parece que o bilionário delirante já cansou do brinquedo novo (ou já disruptou o que tinha que disruptar, ou cedeu a pressão dos execs da Tesla, ou cansou de perder dinheiro) e pretende colocar um adulto para arrumar a bagunça - deu ontem na Reuters. Fica aí a torcida.

Leave a comment

💌 leia também

Tá Todo Mundo Tentando
Tá todo mundo tentando: alma repleta de chão
Listen now (4 min) | A alma repleta de chão Para ler ouvindo: Vapor Barato (Youtube/Tidal). Obrigada por tanto, Gal. Anteontem perdemos, em questão de horas, Gal Costa e o Rolando Boldrin. E a primeira coisa que pensei, pe…
Listen now
Tá Todo Mundo Tentando
🖼️ Guia Paulicéia: 11 coisas para fazer em SP no fim de semana
Obrigada por apoiar a TTMT/Guia Paulicéia! Se você gostar desse post, considere enviar pra alguém que vai gostar também. Novos apoiadores tem sete dias de graça para conhecer os posts antes de assina…
Read more
Tá Todo Mundo Tentando
🥘 Guia Paulicéia: 11 lugares para almoçar em Pinheiros
Estava eu entre compromissos numa terça-feira qualquer na cidade e soltei no Twitter…
Read more

leia todas as edições da TTMT

1 Comentário
Tá Todo Mundo Tentando
Tá Todo Mundo Tentando
Uma newsletter sobre o mal-estar da vida na São Paulo dos anos 2020 | por Gaía Passarelli -> http://gaiapassarelli.substack.com
Ouça em
App Substack
RSS Feed
Link de configuração do e-mail no celular
Aparece no episódio
Gaía Passarelli